Erros Capitais ou incompreensão PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 1
FracoBom 

O nosso Primeiro Ministro tem tido dificuldades na liderança muito pela tarefa difícil que é governar um País numa altura de crise económica tão acentuada mas também porque não há lugar a tolerância nem espaço para errar.

Proponho me a elencar pequenos aspectos que sendo corrigidos terão por certo resultados diferentes.

Assim vejamos as dificuldades:

Na dificuldade em comunicar directamente, a mensagem teima em chegar mal aos cidadãos.

Na dificuldade em explicar qual a consequência das decisões tomadas pelo governo anterior na economia do País, e que foram catastróficas.

Na dificuldade em explicar o estado em que se encontrava o País quando o governo assumiu funções, deveria ser bem demonstrado o mau estado das contas públicas à data.

Na dificuldade em explicar o estado em que estavam as PPP's quando chegou ao governo, quais as existentes, de quanto se trata e a que obras se referem e ainda qual seria o resultado de uma eventual negociação. E também quem é que é responsável pela decisão de cada uma das PPP's.

Na dificuldade em explicar o porquê das recentes decisões do governo na aplicação das medidas de austeridade que são consequência das dificuldades anteriormente referidas, nomeadamente, as decisões mal tomadas pelo governo anterior e que levou à chegada da Troika.

Na dificuldade em explicar publicamente as vantagens da privatização da RTP, da TAP entre outras e quais os custos actuais com estas empresas.

Na dificuldade em explicar que a "culpa não pode morrer solteira" e que aqueles que desgovernaram o País no passado têm rosto.

Por último falta ainda explicar porque não estão a ser julgados esses responsáveis.

Ora, não tenho duvida que explicados estes pontos todos os Portugueses entenderão que o papel do Primeiro Ministro tem sido difícil mas determinado. E aprenderemos ainda que o exercício da politica se faz com uma atitude rectilínea, democrática, participada mas prioritariamente séria.

Hugo Oliveira

Vereador  da Câmara Municipal das Caldas da Rainha,

Director do Gabinete de Estudos e Edições do Instituto Fontes Pereira de Melo