Associação das Termas de Portugal

A ASSOCIAÇÃO DAS TERMAS DE PORTUGAL (A.T.P.) foi constituída no dia 16 de Dezembro de 1996, em resultado do processo de reestruturação da ANIAMM – Associação Nacional dos Industriais de Águas Minero Medicinais e de Mesa.

Com um universo actual de 38 associados, a A.T.P. visa a promoção e o desenvolvimento técnico, económico e social do termalismo e das termas portuguesas.

OBJECTIVOS

A Associação tem por fim o estudo e desenvolvimento dos interesses relativos ao termalismo e às estâncias termais, competindo-lhe para tanto, promover e praticar tudo quanto possa contribuir para o respectivo progresso técnico, económico ou social e nomeadamente:

valorizar, a nível nacional, a projecção sócio-económica dos sectores nela integrados; unir todos os associados com vista à defesa dos seus legítimos interesses e ao exercício comum dos seus direitos e obrigações; representar os associados junto de quaisquer entidades públicas ou privadas, bem como de organizações patronais e de trabalhadores; possibilitar um diálogo objectivo, eficaz e fundamentado com as organizações de trabalhadores em ordem à obtenção de um clima saudável de paz social; efectuar estudos económico-jurídicos, de mercado, técnicos e outros destinados a promover um harmónico crescimento do sector; possibilitar e fomentar as ligações e contactos com organismos similares e estrangeiros; apreciar e fomentar as iniciativas de interesse para o sector; diligenciar no sentido de se obter uma disciplina do sector sem menosprezo de uma sã concorrência.

ÓRGÃOS SOCIAIS 2019-2021

MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL

PRESIDENTE

Sociedade de Turismo de Santa Maria da Feira, SA; representada por Dra. Teresa Vieira.

VICE-PRESIDENTE

Fundação INATEL; representada por Dr. Francisco Madelino.

SECRETÁRIO

Município de Castro Daire: representada por Dr. Paulo Martins de Almeida.

DIRECÇÃO

PRESIDENTE

Termalistur – Termas de São Pedro do Sul, EM, SA; representada por Dr. Victor Leal.

VICE-PRESIDENTE

Taipas – Turitermas, CPRL; representada pelo Dr. Ricardo Costa.

VICE-PRESIDENTE

Município das Caldas da Rainha; representado pelo Dr. Hugo Oliveira.

VOGAL

VMPS – Águas e Turismo, SA; representada por Dra. Maria José David.

VOGAL

Sociedade Termas de Unhais da Serra, SA; representada pelo Dr. Luís Veiga.

VOGAL

Empresa das Águas do Gerês, SA; representada por Dra. Rosário van Zeller.

VOGAL

Município de Chaves; representado por Dra. Fátima Pinto.

CONSELHO FISCAL

PRESIDENTE

Empresa das Caldas da Saúde, Sociedade Unipessoal, Lda; representada por Dr. Fernando Adosindo.

VOGAL EFECTIVO

Município de Tondela; representado por Dr. Pedro Adão.

VOGAL EFECTIVO

Município de Vimioso; representado por Dr. António Jorge Fidalgo.

Câmara Municipal

Hugo Patrício Martinho de Oliveira
Vereador (PSD)

Competências:

  • Reabilitação Urbana;
  • Mobilidade;
  • Inteligência Urbana;
  • Turismo e Eventos;
  • Higiene Urbana;
  • Representar o Município na outorga de escrituras e contratos, nos termos da alínea a) do n.º 1 e f) do n.º 2 do art.º 35.º do Anexo I da Lei n.º 75/2013 de 12 de Setembro;
  • Despacho e assinatura de toda a documentação referente a publicidade, processos de licenciamento de máquinas de diversão, processos de transporte público de aluguer em veículos automóveis ligeiros e a actividade ruidosa de carácter temporário, com excepção das que respeitem a festas populares romarias, feiras, arraiais e bailes.
  • Assinatura de correspondência e expediente necessário ao bom funcionamento dos serviços inerentes às matérias que lhe foram distribuídas.


    e-mail: gav.hugooliveira@cm-caldas-rainha.pt


    Telefone: 262 240 000 (extensão) 1401


    Dias de atendimento: Quinta-Feira (com marcação)

A EHTTA é uma organização que representa as cidades termais históricas da Europa.

A EHTTA é uma organização que representa as cidades termais históricas da Europa.
Desde 2010, é certificado pelo Conselho da Europa para gerir a Rota Europeia das Cidades Termais Históricas, como parte do programa Rotas Culturais.

A Associação Europeia de Cidades Termais Históricas (EHTTA) é uma organização que representa as cidades termais históricas da Europa.

Desde 2010, é certificado pelo Conselho da Europa para gerir a Rota Europeia das Cidades Termais Históricas, como parte do programa Rotas Culturais.
O EHTTA foi fundado em 2009 em Bruxelas (Bélgica) por seis membros fundadores – Acqui Terme (Itália), Bath (Reino Unido), Ourense (Espanha), Salsomaggiore Terme (Itália), Spa (Bélgica) e Vichy (França). Muitas dessas cidades envolvidas estiveram envolvidas no projeto de cooperação de três anos “Thermae Europae” (Programa Cultura 2000), com o objetivo de valorizar e preservar o património cultural térmico na Europa, e desejavam continuar trabalhando juntos, estabelecendo um rede permanente.Como resultado, a EHTTA foi estabelecida como uma associação sem fins lucrativos, com base na necessidade de incentivar a proteção e o aprimoramento do património térmico, artístico e cultural em toda a Europa. Em 2010, foi certificada pelo Conselho da Europa como uma rota cultural europeia, uma das mais de 30 em toda a Europa.

Presidência EHTTA

Por ocasião da assembleia geral de outono realizada em Spa, em 11 de outubro de 2019, o novo presidente e vice-presidentes foram inaugurados.O Sr. José Manuel Baltar Blanco , governador da província de Ourense (Espanha) foi eleito para liderar a Associação Europeia de Cidades Termais Históricas pelos próximos dois anos. Ele é acompanhado por três novos vice-presidentes: Eric Brut, diretor da Rota da Cidade do Eau do Maciço Central (França), Lorenzo Lucchini, prefeito da cidade de Acqui Terme (Itália) e Hugo M. Oliveira , Vereador da cidade de Caldas da Rainha (Portugal).

Hugo Oliveira na Raia Termal – Espanha – Portugal

17 e 18 de Setembro 2019 – Lobios – Ourense

Hugo Oliveira inicia a sua intervenção com a apresentação do trabalho e funcionamento da EHTTA, que se baseia na promoção e defesa do património histórico termal e artístico Europeu, promovendo estes locais como destinos turísticos de excelência, de saúde e Bem-Estar, aliado ao património arquitectónico sobre o qual estas cidades se desenvolveram.

Assinala a importância de recuperar e manter o património termal, de forma a que estes edifícios se mantenham como polos de atracção turística e cultural.

Abordou o crescimento económico que o sector da saúde e bem-estar tem tido actualmente, havendo um aumento de comparticipação de tratamentos por parte dos governos, nestas áreas, que permitindo aos utentes realizar tratamentos de saúde, com águas termais.

Termalismo já não é sinónimo de 3ª idade. Cada vez mais observamos uma população jovem a frequentar estâncias termais, numa vertente lúdica e social.

Termina dizendo que desde os tempos antigos, as pessoas viajavam na Europa, pelas cidades termais, levando à construção de edifícios que formam hoje um património rico e diversificado, que permitiu às cidades desenvolverem-se em volta das águas, que hoje alguns se apresentam devolutos e necessitam de requalificação.

Bem vindos!

HUGO PATRÍCIO MARTINHO DE OLIVEIRA 
Político português 
Luanda, 1974

Como figura da vida política portuguesa, Hugo Oliveira é solicitado a pronunciar-se sobre acontecimentos de maior relevância que envolvem o concelho das Caldas da Rainha.

Hugo Oliveira nasceu em Luanda, a 29 de Dezembro de 1974, oito meses depois radicou-se nas Caldas da Rainha. As acções políticas que encetou desde os tempos de estudante na Escola Secundária Raúl Proença e mais tarde na Universidade Autónoma de Lisboa- Delegação de Caldas da Rainha, tiveram como consequência ter sido fundador da Associação Académica da UAL. Iniciou, na mesma Universidade, o Curso de Direito, tendo-o concluído em 1999 e onde iniciou o mestrado (embora a parte lectiva esteja completa não chegou a apresentar a dissertação).

Desde muito novo demonstrou um forte espírito de associativismo, tendo sido eleito presidente da Associação Académica onde desenvolveu negociações conducentes à criação de uma estratégia para apoio aos alunos da referida Instituição, intitulada “Caderno Reivindicativo”.

Praticou hóquei tendo estado na qualidade de jogador na origem da fundação do Hóquei Clube das Caldas, clube que representou como jogador e como treinador.

A sua actividade profissional iniciou-se numa empresa privada de capitais espanhóis do sector do gás natural.

Como advogado estagiário acompanhou inúmeros processos tendo de suspender a sua inscrição na Ordem dos Advogados por incompatibilidade aquando da sua eleição como Vereador da Câmara Municipal das Caldas da Rainha desde 2002.

Militante da Juventude Social Democrata desde os 16 anos de idade foram inúmeros os órgãos que ocupou nesta estrutura. Enquanto presidente de Secção e Distrital percorreu muitas regiões do Distrito, auscultando directamente as aspirações e as reclamações populares da juventude, dando assim início a uma nova postura presidencial. Ocupou ainda a Vice-Presidência da mesa do Congresso Nacional da JSD.

Lutou pela criação do Centro de Juventude das Caldas da Rainha e pela independência da JSD em relação ao Partido Social Democrata.

Da sua actividade autárquica, desempenhada desde 2002 destaca-se a criação do centro da Juventude das Caldas da Rainha no qual definiu estatutos e modelo de gestão e funcionamento da ADJ-CR que gere o Centro de Juventude e o projecto de Regeneração Urbana.

Encontra-se a desenvolver a estratégia de Reabilitação Urbana com o intuito de criar condições aos proprietários de imóveis na área de Reabilitação Urbana para reabilitação dos mesmos.

Responsável pelo projecto de regeneração urbana da cidade das Caldas da Rainha – “Caldas, Cidade e Comércio” que funciona como espaço âncora para a revitalização urbanística e comercial do centro histórico da cidade, é com grande orgulho e dedicação que defende o Concelho e os seus munícipes. A sua constante preocupação com a economia e desemprego na cidade, despoletou na Câmara Municipal o lançamento, em 2005, do Centro incubador de empresas, em parceria com a AIRO e com a ANJE; o Centro de apoio ao empresário, a criação em 2008 de um concurso de empreendedorismo também em parceria com a AIRO, que esteve na origem da Academia de empreendedores cujo âmbito era alavancar nos jovens um efectivo espírito empreendedor. Em 2009 esteve também na origem do “Caldas Empreende 2009″projecto de empreendedorismo social para incentivo aos desempregados a criar o auto emprego. Actualmente, tem-se dedicado também à escrita e à intervenção em inúmeros congressos e debates.

Em Abril de 2012 foi convidado para Director do Gabinete de Estudos e Edições do Instituto Fontes Pereira de Melo (2012-2018 ) e para membro da direcção da Confederação Nacional das Associações de Família, cargos que ocupou encarando os como um desafio fantástico à sua já vasta experiência autárquica.

Em 5 de dezembro de 2013 (2013-2018) é eleito e assume o cargo de Secretário Geral da Confederação Nacional das Associações de Família.

Entre 2014 e 2015 membro do Fórum Nacional Alcool e Saúde em representação da CNAF

Desde 2014 membro da Comissão de Acompanhamento do PO ISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego.

Em 20 de Outubro de 2015 é eleito como membro do Executive Council da European Historic Thermal Towns Association, cargo que exerce até ao momento.

Em Janeiro de 2016 (2016-2018) toma posse como Conselheiro do Conselho Económico e Social em representação da CNAF ( suplente)  tendo assento no plenário, na Comissão Especializada Permanente de Política Económica e Social (CEPES), na Comissão Especializada Permanente do Desenvolvimento Regional e do Ordenamento do Território (CDROT) e na Comissão Especializada Permanente Interdisciplinar para a Natalidade (CEPIN).

Em 2017 (2017-2018) é eleito em representação dos autarcas dos municípios com Termas do Centro como Membro do Conselho Executivo do PROVERE – Programas de Valorização Económica de Recursos Endógenos- Termas do Centro.

Em Maio de 2018 é eleito Vice-Presidente da ATP (Associação de Termas de Portugal), cargo que exerce.

BREVE RESUMO DO PERCURSO POLITICO

Aos 16 anos ingressou na JSD como militante tendo a partir de 1993 feito parte de sucessivas Comissões políticas de Secção das Caldas da Rainha, vindo a ser eleito Presidente da mesma em 1998 até 2001.

Entre 1996 e 1998 foi presidente da Comissão Académica de Leiria da JSD.

Já em 1994 entra para a comissão política distrital da JSD de Leiria tendo sido eleito presidente da mesma em 1999 ate 2004, tendo sido presidente da mesa do conselho distrital de 2004 a 2006.

A nível nacional foi conselheiro nacional da JSD de 1996 a 2002, tendo sido vice-presidente da mesa do congresso nacional da JSD de 2002 a 2005.

Foi deputado municipal em substituição entre 1997 e 2001.

Em 1999 por convite do Presidente da Câmara é nomeado secretario de Vereador, lugar que ocupou até 2001.

De 2008 a 2010 ocupa o lugar de representante dos Autarcas Sociais Democratas na Comissão Política Distrital do PSD de Leiria.

Em Novembro de 2013 e até 2015 ocupa o lugar de representante dos Autarcas Sociais Democratas na Comissão Política Distrital do PSD de Leiria.

Em Janeiro de 2002 toma posse como Vereador da Juventude das Caldas da Rainha tendo-se mantido como Vereador nos quatros mandatos seguintes, sendo hoje Vice-Presidente da Câmara Municipal com os Pelouros da Reabilitação Urbana, Turismo e Eventos, Mobilidade Urbana, Higiene Urbana, Inteligência Urbana sendo simultaneamente

Administrador dos Serviços Municipalizados das Caldas da Rainha.

Muito cedo foi eleito conselheiro nacional do partido desde 2000 lugar que ocupou até 2016.

Também desde muito cedo fez parte de comissões políticas do PSD das Caldas da Rainha por inerência da JSD, mas em 2002 é eleito vogal do mesmo órgão tendo sido vice-presidente desde 2007, em Janeiro de 2014 assume a Presidência da Comissão Política de Secção das Caldas da Rainha.

A 31 de Outubro de 2015 é eleito primeiro Vice-Presidente da Comissão Política Distrital do PSD de Leiria, cargo que exerce até ao momento.

A 3 de Março de 2016 é reeleito Presidente da Comissão Política de Secção do PSD das Caldas das Rainha para o mandato 2016-2018.

A 9 de Setembro de 2018 é reeleito Presidente da Comissão Política de Secção do PSD das Caldas das Rainha para o mandato 2018-2020.

Em Outubro de 2019 é eleito Deputado da Assembleia da República pelo PSD.


Elementos biográficos elaborados por Daniel Rebelo